Violência nas escolas é tema de audiência pública na Câmara

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Câmara de Ananindeua realizou, nessa terça-feira (26), uma audiência pública sobre violência nas escolas públicas e particulares do município. A sessão partiu de uma solicitação do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública do Pará (Sintepp), seção de Ananindeua, e foi requerida pelo vereador Sérgio Rato (PSDB).
Além de vereadores, estiveram presentes representantes do Sintepp, das Secretarias Municipais de Educação (Semed), de Segurança Pública e Defesa Social (Sesds) e de Cidadania, Assistência Social e Trabalho (Semcat), da Polícia Militar, da Vara de Infância e Juventude de Ananindeua, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) e de Conselhos Tutelares.
Andréa Salustiano, coordenadora do Sintepp Ananindeua, expôs a situação de insegurança nas escolas do município, fazendo relato de algumas situações vivenciadas por alunos e professores. “A escola, como parte da engrenagem social, funciona como um catalisador dos problemas da sociedade. A violência vem passando pro ladro de dentro das escolas, muitas vezes inviabilizando o processo de ensino e aprendizagem. Além das perdas patrimoniais, essa situação é um prejuízo para a saúde e bem estar das pessoas”, lamentou.
A diretora de Ensino da Semed, Marluce Gatinho, comentou a importância dos trabalhos de prevenção realizados nas escolas municipais. Ela citou três projetos existentes: o Música na Escola, que amplia o tempo dos alunos nas instituições com o ensino da arte; o Conhecer para Construir, em parceria com a Vara de Infância e Juventude, que trabalha a compreensão dos direitos e deveres do Estatuto da Criança e do Adolescentes; e uma iniciativa em parceria com o Ministério Público, que promove o diálogo com estudantes e famílias. “Buscamos trabalhar a personalidade dos alunos, o compromisso de resolver seus problemas pelo diálogo, que ele se preocupe consigo, com o outro e com o meio ambiente”, pontuou.
O Coronel Marco Machado, secretário da Sesds, enfatizou a importância da união para a realização das ações em segurança pública, com a parceria com escolas, professores e pais de alunos para orientar as atividades. O titular da secretaria convidou o Sintepp para participar do Conselho Municipal de Segurança Pública. “Não precisamos criar novas leis, precisamos de maior participação nos instrumentos já existentes”, disse.
O vereador Sérgio Rato, que presidiu a sessão, se comprometeu a dar encaminhamentos a demandas apresentadas na audiência, como a sugestão do Sintepp para a criação de um comitê para debater a questão, que seria composto por trabalhadores da educação, pais de alunos, representantes da comunidade, polícias e Legislativo e Executivo municipais e estaduais. “Não queremos mais nossas escolas assaltadas diariamente, tráfico de drogas nas nossas salas de aula. Por isso, a Câmara está empenhada em propor soluções pra isso”, concluiu.

And the funky licks that he laid down as a guitarist for chic and in his session work have been sampled so often that they course through the lifeblood of academic writing old school hip hop
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Data da Matéria: 11/06/2018 11:13